HISTÓRIA DO COLÉGIO SINODAL TRAMANDAÍ

As primeiras comunidades luteranas que se estabeleceram no Brasil, e posteriormente se organizaram como Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - IECLB, desde o início assumiram a responsabilidade pela educação das crianças e dos jovens de suas comunidades. Os seus membros tinham consciência de que a formação das futuras gerações era uma responsabilidade que Deus havia confiado a eles e, por isso, se ocuparam com a questão educacional no Brasil, criando uma rede de escolas evangélicas.

Atualmente a Rede Sinodal de Educação possui 51 escolas filiadas espalhadas pelos estados do RS, SC, PR, RJ, SP e MT, contando com mais de 39.500 alunos, na Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio, Cursos Técnicos e Educação Superior.

O Colégio Sinodal Tramandaí que integra o quadro de escolas da Rede Sinodal de Educação tem uma história mais recente, iniciado oficialmente em 27 de abril de 1986, a partir da mobilização de diversas pessoas ligadas a Comunidade Evangélica de Tramandaí, fundaram a primeira escola com o nome de Alzira Deecken.

Em final de 2002 iniciaram-se tratativas com o Centro de Ensino Médio Pastor Dohms, no sentido de estabelecer uma parceria visando à expansão da escola.

Todos os encaminhamentos levaram à formulação de um Instrumento de Parceria entre a CELT - Comunidade Evangélica de Tramandaí e a CEPA - Comunidade Evangélica de Porto Alegre, para a mantença da Escola Sinodal Alzira Deecken.

Em Setembro de 2003, o Conselho Estadual de Educação aprovou em plenária o Parecer nº 1024/03, tomando conhecimento da transferência de mantença da ESAD para a CEPA.

Assim, a discussão da expansão da escola rumou para a criação de uma Unidade de Ensino em um espaço físico locado. Iniciaram-se as tratativas para a locação e para a contratação de empreiteira que fizesse as reformas e adaptasse para a implantação da unidade.

Em 28 de Janeiro de 2004, o Conselho Estadual de Educação credenciou a Unidade de Ensino Dohms-ESAD e autorizou o funcionamento do Ensino Fundamental Anos Finais por intermédio do Parecer nº 117/2004.

Em dezembro de 2005 o Conselho Estadual de Educação aprovou o Parecer CEED/RS no. 862/05 que autorizou a implantação do Ensino Médio. Iniciou-se o ano letivo de 2006 com Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio.

Durante doze anos o Colégio Sinodal Tramandaí atendeu aos seus alunos e comunidade escolar, na avenida Fernandes Bastos, nos últimos anos planejou e buscou um novo espaço físico, mais amplo, para desenvolver o seu projeto pedagógico. Em fevereiro de 2017 mudou-se para a nova sede na avenida Rubem Berta, 827, Bairro: Tiroleza, Tramandaí/RS.

A nova sede é mais ampla e moderna, com salas de aulas climatizadas, auditório, quadra esportiva, biblioteca, laboratório de ciências, salas de artes, sala de recursos, sala dos professores, sala de reuniões e área livre.