A importância de uma infância com frustrações

A importância de uma infância com frustrações

Ter todas as vontades atendidas como e quando desejar é praticamente um sonho! Normalmente os pais se desdobram para que os filhos tenham o que quiserem, sem frustração, amam ver o sorriso deles quando ganham algo ou têm alguma de suas vontades atendidas e, algumas vezes, até exageram na dose.
Claro que todo mundo gostaria de viver apenas de “sim”, mas a verdade é que o “não” tem uma grande importância na vida e no desenvolvimento das crianças.
Quando tenta-se o tempo todo não desapontar os filhos, acaba-se por privá-los de uma experiência bem importante: a frustração.
Em nosso site, postamos um texto bem importante sobre a importância da frustração na infância, sua necessidade e realidade. Nesse mês das crianças, vale a pena dar uma conferida e refletir de como esse sentimento está sendo abordado com seu filho.
Acessa lá: link site

Ter todas as vontades atendidas como e quando desejar é praticamente um sonho! Normalmente os pais se desdobram para que os filhos tenham o que quiserem, sem frustração, amam ver o sorriso deles quando ganham algo ou têm alguma de suas vontades atendidas e, algumas vezes, até exageram na dose.
Claro que todo mundo gostaria de viver apenas de “sim”, mas a verdade é que o “não” tem uma grande importância na vida e no desenvolvimento das crianças.
Quando tenta-se o tempo todo não desapontar os filhos, acaba-se por privá-los de uma experiência bem importante: a frustração.

A importância da frustração
Quando não se pode fazer aquela viagem, comprar aquele sapato ou mesmo não conseguir aquela vaga de emprego que tanto desejamos: os adultos, lidam com frustrações o tempo todo e, as crianças precisam aprender a lidar com isso também.
A frustração é essencial para que o pensamento se desenvolva, já que a tendência do ser humano é buscar a evolução quando não se sente confortável com alguma situação. Então, se o seu filho sempre tiver tudo o que quiser, ele permanecerá acomodado, ou seja: o seu “não” trará, sim, benefícios para a vida dele.
– Aprendizado
Tentar, falhar, tentar novamente e então conseguir. Tudo isso proporciona muito aprendizado para as crianças. Pais que fazem tudo para os filhos e interferem nesse processo, promovem uma sensação de incompetência neles, além de acharem que sempre existirá alguém para fazer as coisas por elas. A frustração gera aprendizado em diversos níveis, o que é essencial para o desenvolvimento das crianças.

– Lidar com a verdade
A frustração dá para a criança a capacidade de lidar com a verdade. Quando você esconde alguns acontecimentos da criança, achando que esse é o melhor para protegê-la, você, na verdade, está privando que ela se desenvolva e amadureça emocionalmente. A criança não é tão frágil e nem precisa dessa superproteção toda. Permita que ela entenda e lide com os acontecimentos ao redor.
– Crescer

Frustrações fazem parte do crescimento. Lidar com todos os aspectos da vida e não apenas com os aspectos positivos permite que as crianças se fortaleçam e as obrigam a criar saídas por conta própria.
O conflito no parquinho, o “não” para o brinquedo, a proibição daquele doce que a criança gosta muito, tudo isso a deixará frustrada por um breve momento, mas irá prepará-la para acontecimentos futuros e ajudá-la a ter maturidade emocional para encarar todos os desafios que terá pela frente.

Colégio Sinodal Tramandaí: Educar para Transformar

ÚLTIMAS POSTAGENS